img

5¬ļB- A Hora do Conto na Biblioteca

A turma do 5º B esteve presente no dia 18 de dezembro na Biblioteca da Escola Manoel de Oliveira para a atividade " A Hora do Conto" dinamizada durante a aula de Português. A biblioteca organizou sessões de leitura de contos de Natal, tendo os alunos a oportunidade de ouvir uma história tradicional de Natal  e conhecer alguns aspetos culturais de outros países. Entre os contos apresentados destacam-se :

   O Conto de Natal , de Charles Dickens

   O Pinheiro, de Hans Christian Andersen

   O Quebra Nozes, de E. T. A . Hoffman 

   Os alunos foram acompanhados pelas Professoras de Português , Graça Braga e Alzira Gomes. Após a visualização e audição do conto, os alunos responderam a várias questões que foram projetadas, tendo participado ativamente nesta atividade.

Parabéns à Biblioteca pela dinamização desta atividade!

SABIAS QUE...?

   Hans Christian Andersen (1805-1875) foi um escritor dinamarquês, autor dos contos infantis, “Soldadinho de Chumbo”, “Patinho Feio”, “A Pequena Sereia”, " O Pinheiro", “A Roupa Nova do Rei”, entre outros.

 

  Hans Christian Andersen nasceu em Odense, Dinamarca, no dia 2 de abril de 1805. Era filho de um humilde sapateiro, que lutou nas guerras napoleonicas e voltou gravemente doente à sua terra natal morrendo pouco depois.

 

  Hans ficou órfão de pai com apenas 11 anos. Precisou de abandonar os estudos e começou a escrever contos e pequenas peças teatrais.

 

  Com 14 anos acompanhou a apresentação de uma companhia de teatro que se instalou na sua cidade. Não perdeu um espetáculo. Terminada a temporada, a companhia seguiu viagem e o jovem decidiu partir também.

 

  Com uma carta de recomendação e algumas moedas seguiu para Copenhaga, a capital da Dinamarca, à procura de um trabalho.

 

 Atraído pelo teatro, insistia em escrever peças. Duas delas chegaram às mãos de Jonas Collin, um conselheiro de Estado, que lhe ofereceu uma bolsa de estudos. Durante seis anos frequentou a Escola de Slagelse.  Para sair de uma crise financeira escreveu algumas histórias infantis baseadas no folclore dinamarquês. Pela primeira vez os contos fizeram sucesso!

 

 Um dos livros de grande sucesso de Hans Christian Andersen foi a "Pequena Sereia". Conta que quando a sereia fez 15 anos subiu à superfície dos mares para conhecer os humanos. Foi nesse momento que viu um navio onde viajava um príncipe que prendeu sua atenção.

  Uma estátua da pequena sereia de Andersen, esculpida em 1913 e colocada junto ao porto de Copenhaga, é hoje o símbolo da cidade!